domingo, 1 de junho de 2014

BRINCADEIRAS poéticas








já não há desassossegos
a rilharem nos cantos
nem cansaços supremos
a negarem os músculos
nem sintomas interiores
a aprisionarem a vida

revi tudo
apaguei o não
o des  
o lha
o nem
o c e o ço
acrescentei um n ao a
tirei o ne e o m
e de novo o nem
e até o sin e o a

risquei aprisionarem
e contraí a + a







e na brincadeira da escrita
a vida sorriu em liberdade






35 comentários:

  1. Olá Laços!

    Olha o meu sorriso: :)
    Hoje mereces um abraço enorme para que não deixes de brincar com as palavras desta forma!
    Gostei, embora tenha ficado quase "atordoado e com os olhos em bico" com a dança das letras, mas consegui refazer o poema.

    Abraço muito grande e parabéns

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Não tinha nada em rascunho e que fosse digno deste despertar. Era tudo na linha abaixo do nível médio das águas do mar :))

      E saiu isto sem qualquer revisão. Tens ainda algumas imperfeições que hei de compor a seu tempo. Para já fica assim. Será prequiçosite? :))

      Beijinho e obrigada!

      Um abraço grande

      Eliminar
    2. A imagem que acompanha o texto? Levei um pouco mais de tempo a "analisar" :)
      Mas gostei muito. E vai servir de inspiração para uns trabalhos com umas crianças.

      Abraço grande e obrigado, tu!

      Eliminar

    3. Tenho outras, Argos, que poderás usar. Fico feliz por ter compartilhado, de algum modo, a inspiração.

      Obrigada, beijinho e um abraço enorme!


      Eliminar
    4. Fico à espera de mais poemas com "as imagens", de acordo?

      Estava difícil entrar!

      Abraço muito grande

      Eliminar

    5. Está bem! Queres só "as imagens" ou queres só poemas?? :))

      Abraço grandinho e um beijinho, Argos

      (-inho por causa da rima :)) )

      Eliminar
  2. Encantador.
    Abraços de boa semana!
    PS: revi o comentário e risquei "dor" e depositei um "s" no lugar.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Gilson, gostei que entrasses na brincadeira. A poesia é um estado de alma. Tê-la-ei perdido ou dorme por 100 anos? :))

      Beijinho

      Eliminar
  3. aletria na sopa
    que a "poesia também se come..."

    gostei deveras!

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Na sopa, mais um ingrediente fica sempre bem, heretico. .))

      Ainda bem que gostaste. Obrigada!

      Beijinho

      Eliminar
  4. Uma brincadeira que diz muito nas (entre)linhas com que bordaste esta tela.

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Com algumas imperfeições, Fê, mas o que é perfeito na arte de bordar a vida?

      Beijinho, Amiga.

      Eliminar
  5. Respostas

    1. Alguma, Luísa, alguma. Que tê-la muita também é ser desgovernada! :))

      Beijinho

      Eliminar
  6. Muito engraçada a brincadeira das letras com as sílabas... e boa por de mais a anunciada libertação.

    Que bom!!

    Beijinhos brincalhões

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ando em experimentações linguísticas. Desconstruo para construir. Divirto-me! :))

      Beijinhos também brincalhões, Graça.

      Eliminar
  7. Encantada a brincadeira, gostei imenso tal como a imagem.

    Tal como publiquei vou tentar voltar devagar.

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Anda com os vagares que puderes, Flor. Primeiro estás tu e só depois nós, que apesar de gostarmos muito da tua companhia, prezamos mais a tua saúde.

      Beijo grande!

      Eliminar
  8. Respostas

    1. Deu-me para aqui, Carlos. Ando em experimentações e desde que ninguém se magoe, vou continuar. :)

      Beijinho

      Eliminar
  9. e que assim seja (mas que não seja um jogo)

    um beijo

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Compreendo-te, Pi. Mas este foi mesmo um jogo. O que, na vida, o não é?

      Beijinho :)

      Eliminar
  10. as letras são as peças mais movidas, neste jogo que é a vida

    bj*

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Só as letras? Julgo que tudo é movível e removível. :)

      Beijinho com todas as letras

      Eliminar
  11. Hola Laura,

    ser capaz de reir y jugar y con eso escribir algo bonito permite una vida mejor..
    BEIJOS E FELIZ DIA AMIGA

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Obrigada, Poseidón pela clareza e incentivo que deixas em cada comentário.

      Beijinho

      Eliminar
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  13. Desconstruir palavras deixa-nos sempre com a matéria prima para construir novos vocábulos. Aí é que reside o verdadeiro desafio. :):):):)
    Beijo.

    http://acontarvindodoceu.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ando numa fase de remodelação... linguística. Vejo para aí cada crime :( :(

      Beijinho

      Eliminar
  14. Excelente a brincadeira, acompanhada por uma ilustração que adorei!

    Beijinhos e lacinhos, :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Até me diverti muito, São. Mas ainda tem uns erros a emendar. Foi feito em cima do joelho. :(

      Beijinho

      Eliminar
  15. Boa tarde,
    Encantado com o jogo de palavras, sua criatividade enorme,
    Dia feliz
    ag

    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Obrigada, António. Um excelente fim de semana! :)

      Beijinho

      Eliminar